Percy Jackson e os Olimpianos – O Ladrão de Raios (Livro I)

Meu primeiro resumo/resenha (não sei bem ainda) de livros será sobre o famoso Percy Jackson (e os Olimpianos) – O Ladrão de Raios, que a maioria de vocês já viram o filme.

– Nossa, mas esse livro é tão antigo e tão infantil, tem livros muito mais atuais e adultos para se resenhar e blá blá blá.

Eu sei disso, mas ele é a minha leitura atual, e eu estou gostando, apesar de, digamos, não ser para a minha faixa etária, mas eu acredito que (eu sou uma eterna criança) devemos ler o que temos vontade, independente da “classificação” do livro(menos as crianças, elas não devem nem chegar perto de livros como “50 tons de cinza” por exemplo.)

Mas sem mais delongas e vamos ao tal resumo.

1013205_453184104804609_1830803650_n

Título: O ladrão de Raios.

Autor: Rick Riordan.

Editora: Intrínseca.

Gênero: Fantasia.

Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.

O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos – jovens heróis modernos – terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

“Você irá para o oeste, e irá enfrentar o deus que se tornou desleal.
Irá encontrar o que foi roubado, e o verá devolvido em segurança.
Será traído por aquele que o chama de amigo.
E, no fim irá fracassar em salvar aquilo que mais importa”

RESUMO: Bom, nosso adorado Percy (Perseu) Jackson, (ou cabeça de alga para o íntimos, como eu haha) inicia sua jornada no livro “O Ladrão de Raios”, onde ele, com seus longos 12 anos de idade, descobre que sua dislexia e seu déficit de atenção, são na verdade, sintomas de ser um semideus (ou meio-sangue). Tá, mas o livro não começa assim na primeira página (boooom, você é o nosso 1.000.000 meio-sangue, parabéns, você acaba de ganhar uma camiseta laranja, uma caneta/espada e um chalé todo seu e todo o olimpo querendo te matar, uhuul), claro que não.

Percy é bem problemático na escola, não é porque ele queira, mas porque as coisas vão acontecendo sem ele ao menos ter noção de nada, consequentemente, fazendo com que ele mude (sendo expulso) de escola todos os anos.Percy_Jackson

Bom, na “atual” escola dele, ele tem apenas um amigo, o Grover, um menino com problemas nas pernas, que caminha só com a ajuda de muletas e que vive sendo defendido pelo Percy.

Mas dai uma “treta maluca” acontece e Percy acaba descobrindo que é um semideus, e que seu melhor amigo Grover (que ele defendia do colegas da escola), na verdade estava lá para protege-lo de possíveis ataques malignos que ele poderia sofrer (e que acaba sofrendo).

Sendo assim, para ficar em segurança, Percy segue para o acampamento meio-sangue com seu amigo Grover (e acaba descobrindo que na verdade ele é um sátiro) e sua mão mortal, que não pode ultrapassar o “escudo” que matem o lugar seguro das outras criaturas.

Muita coisa acontece na história, Percy conhece Annabeth (filha de Atena, que se torna sua melhor amiga) e Luke (filho de Hermes, que parecia ser seu amigo).

Muitos outros personagens são apresentados, como o Senhor D., o diretor do acampamento, que é um deus rabugento que só está ali porque está cumprindo um castigo de 100 anos, Quiron (um centauro que usava uma cadeira de rodas mágica para esconder sua metade cavalo e se passar por um humano), que era o único professor que Percy gostava na escola, dentre outros personagens.


4638109022_b04e20c40a

O acampamento meio-sangue é o único lugar onde os semideuses estão seguros. Lá eles aprendem a lutar entre si, para então enfrentar os monstros lá (aqui) fora em missões que se possa conseguir.

E é em uma missão que tiramos o nome do livro. O olimpo (ou melhor, Zeus) acha que Percy (que acaba descobrindo ser filho de Poseidon no acampamento) roubou o raio de Zeus, a pedido de seu pai (ja que deuses não podem roubar uns dos outros). Zeus exige que o raio seja entregue até o solstício de verão, porém Percy não roubou o bendito raio, mas para evitar que uma guerra aconteça, Percy, Annabeth e Grover saem na missão de “caça ao raio” (sem esquecer da sua leal espada/caneta Contracorrente.)

Muita coisa acontece, eles dão de cara com a medusa, ficam presos em um cassino (flor de lotús), vão até Hades, enfim, para encontrar o tal raio. Mas o motivo principal de Percy ter aceitado a missão não tem nada haver com o raio,  e sim, resgatar a sua mãe das mãos de Hades, e acaba descobrindo que nem sempre quem se mostra amigo, realmente é nosso amigo.

IMG_20150205_213731661

Aconselho todos a ler (quem gosta de mitologia, quem não gosta, quem é criança ou adulto, tanto faz), pois é uma leitura gostosa e divertida (confesso que muitas vezes fui obrigada a parar de ler para rir).

Espero que tenham gostado.

Um Beijo e “Até Segunda”

Anúncios

Um comentário sobre “Percy Jackson e os Olimpianos – O Ladrão de Raios (Livro I)

  1. Pingback: Projeto 52 semanas ( #Semana07 – Meus livros preferidos) |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s