Harry Potter e a Pedra Filosofal (Livro I)

Olá pessoal

Já faz alguns dias que não falamos de livros aqui no blog. Eu ando sem tempo para ler (como vocês sabem, estou na 9ª fase da faculdade o que complica as coisas), mas devagarinho eu vou lendo e vou postando aqui.

Como eu já revelei em uma TAG, eu nunca tinha lido Harry Potter, apenas vi os filmes, mas eu ganhei do meu amor a coleção da capa branca e finalmente pude começar a ler.

Ainda só consegui ler o primeiro que é HP e a Pedra Filosofal, mas espero que até o meio do ano que vem eu termine todos (“Nossa Rafaela, pra que essa demora?” É que semestre que vem não vou conseguir ler praticamente nada, vou ficar só em função do TCC, lendo livros relacionados ao tema, e o tema infelizmente não é Harry Potter).

Mas vamos ao que interessa, que realmente não é me ver chorando as pitangas da minha falta de tempo.

IMG_20150607_202004

Título: A pedra Filosofal.

Autor: J.K.Rowling.

Editora: Rocco.

Gênero: Fantasia.

Sinopse: Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, o leitor é apresentado a Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas.

Resumo (ou quase isso): Tratado pior do que um elfo doméstico (ainda não falamos deles, mas saiba que são tratados bem mal), Harry Potter vive com a família dos tios depois do trágico assassinato que tirou a vida de seus pais, e lhe deu a cicatriz e a fama que tem no mundo dos bruxo (mas isso ele nem sabe ainda).

Até seus 10 anos, Harry vive um verdadeiro tormento. Seus tios o tratam como um encosto que só atrapalha e seu primo o trata como um saco de pancadas.

Apesar de viver acontecendo coisas estranhas a sua volta que nem mesmo Harry sabe explicar, até então, ele não tem ideia de sua verdadeira “identidade” (digamos assim).

Tudo muda nas vésperas de seu 11º aniversário, quando ele recebe uma carta misteriosa (ele nunca recebia nada), e que seu tio o proibia de ler.

Carta Hogwarts

Mesmo a carta sendo destinada a Harry, seu tio rasgava, queimava, escondia as inúmeras cartas que não cessavam em chegar. A estratégia do tio foi “viajar” com a família para fugir das correspondências, mas nem assim as cartas paravam de chegar onde quer que eles estivessem até que no exato momento de seu aniversário algo surpreendente aconteceu, ele recebeu uma visita (“Isso não é tão surpreendente.” Talvez não, mas se você nunca recebe visitas, acaba se tornando).

É com a chegada de Hagrid que tudo é revelado. A verdadeira morte de seus pais (que até então era contada como sendo consequência de um acidente de carro), o mistério de sua cicatriz e o motivo de coisas estranhas acontecerem o tempo todo em volta dele.

Depois de conhecer um pouco do mundo dos bruxos (visitando o beco diagonal) e aprender um pouco sobre sua fama, Harry aguarda até o dia do inicio das aulas (em setembro) para começar seu ano letivo (longe dos parentes amados sqñ, os Dursley).

É na plataforma 9 ³/4, quer dizer, tentando encontrar a tal plataforma que Harry tem o primeiro contato com seu primeiro amigo bruxo: Rony Weasley (e sua família).

Nine_and_three_quarters

Hermione Granger é a segunda fiel escudeira do Sr. Potter. A amizade começa meio relutante por meio dos meninos, mas no final eles acabam formando o trio (parada dura) mais amado de todos os tempos.

Chegando em Hogwarts, Harry conhece Dumbledore, o maior bruxo depois de Merlin e diretor da maior escola de bruxaria (Hogwarts). Além deles, Harry conhece a professora Minerva, o professor Snape (que ele sente que realmente não se suportam) e Quirrel, além mais alguns outros.

Lá eles são separados em casas, sendo elas Grifinória (a casa que Harry, Hermione e Rony são destinados). Corvinal, Lufa-Lufa e Sonserina (em breve, uma pequena explicação sobre as quatro casas).

iconezao_houses-pottermore

Harry descobre que não é apenas em casa que ele terá um inimigo. Mesmo tendo deixado Duda no mundo do trouxas (isso mesmo, quem não é bruxo é trouxa), em Hogwarts ele tem o “querido” Draco Malfoy, um garoto mimado e preconceituoso que adora provocar o trio (principalmente Rony por ser pobre).

Mas nem tudo são espinhos, Harry entra para o time de quadribol (o jogo dos bruxos) e se revela um excelente jogador (apanhador), sendo o primeiro aluno do primeiro ano a entrar no time em muitos anos.

quadribol

Já de cara, no primeiro livro, Harry tem que enfrentar Você-sabe-quem, Aquele-que-não-deve-ser-nomeado, ou Lord Valdemord (para os íntimos). Claro que ele não conseguiria enfrenta-lo sem a ajuda de seus melhores amigos, Rony e Hermione.

Bom, não vou entregar tudo de cara (se é que você ainda não sabe), então se você ainda não leu e nem viu o filme, corre ler que vale a pena. Se você só viu o filme e gostou, corre ler que no livro tem muitos detalhes que ficam de fora do filme.

E ai, já leram Harry Potter e a Pedra Filosofal?

Beijo e “Até Segunda”

2131E ai pessoal, gostaram do meu resumo (ou quase isso)? Pois é, e esse não é o único livro que tem resumo aqui no blog.

Quer conferir todos os livros que já comentamos aqui? É muito fácil. É só clicar no banner ali do ladinho que você vai direto para a nossa “estante de livros”.

Anúncios

6 comentários sobre “Harry Potter e a Pedra Filosofal (Livro I)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s